Núcleo de Incubação – Rio Criativo

Núcleo de Incubação

O Núcleo de Incubação abriga três processos distintos: Coworking, Processo de Incubação e Rede Rio Criativo. Esses processos formam um sistema completo de estímulos necessários para que os empreendedores formulem seus modelos de negócios, fortaleçam suas habilidades em gestão e gerem impacto social e econômico positivos.

O Processo de Incubação é um ciclo de 18 meses, onde empreendimentos que possuam o perfil inovador, com potencial de crescimento e geração de trabalho e renda são selecionados através de edital para ocupar nossa sede e participar de consultorias, oficinas, palestras focadas na capacitação e no desenvolvimento de negócios.  Além disso, o compartilhamento de ideias e de ferramentas entre as empresas incubadas, é primordial para o surgimento de novas parcerias, colaboração e expansão das redes.

Empreendimentos

Os empreendimentos são acompanhados diariamente durante o processo de incubação, por uma equipe de especialistas, consultores e mentores. Os serviços contratados são resultado de diagnósticos realizados ao longo do processo de incubação e que geram um acompanhamento customizado dos consultores, de acordo com as demandas específicas de cada negócio.

Ao todo, foram 33 empresas incubadas, em ciclos de 1 ano e meio, que receberam, além da infraestrutura de trabalho (salas individuais, auditório, copa, refeitório, salas de reuniões etc), mais de 2000 horas de consultorias e treinamentos. Geraram mais de 130 postos de trabalho diretos e 500 indiretos. No que se refere ao faturamento e recursos mobilizados, no primeiro ciclo houve o salto de R$ 1 milhão para R$ 10 milhões ao final do ciclo; já no segundo, durante o período da grave crise financeira que assola o país, o resultado foi um salto de cerca de 200 mil no primeiro mês para R$ 5 milhões ao final do ciclo. Juntas, as empresas movimentaram cerca de R$ 15 milhões de reais ao longo desse período.

  • Como a primeira plataforma de mobilização de projetos de impacto que misturou crowdfunding com outras modalidades de crowdsourcing sem cobrar comissão, a Benfeitoria é um laboratório de experimentos colaborativos que desenvolve conteúdos e ferramentas para estimular pessoas e instituições a fazerem parte de projetos transformadores, de forma simples e lúdica. Lá, entram iniciativas de qualquer tema ou tamanho, desde que promovam bem comum. Além disso, a empresa realiza projetos autorais como o Rio+, o Reboot e o UFC (Universidade do Financiamento Coletivo)

  • A Rios de História Tour Histórico é uma agência de turismo histórico cultural que atua no Estado do Rio de Janeiro, apresentando-o para turistas e cariocas ao mesmo tempo que valoriza a identidade local, as tipicidades e os bens materiais e imateriais. Há mais de cinco anos, a empresa realiza passeios e excursões para quem busca conhecimento, cultura e história de forma interessante, divertida e bem carioca.

  • mobcontent-corPropõe novas soluções de conteúdo em termos de produção e distribuição, em um modelo de prestação de serviços customizados e projetos de propriedade intelectual própria. A empresa está estruturada em três unidades de negócio: a Interactive, focada na produção audiovisual em inovação; a Distribution, uma agregadora de conteúdo para plataformas de SVA e OTT; e a Video, de produção de conteúdo audiovisual.

  • Trabalha com mobilização digital voltada para estratégia e engajamento entre marcas, pessoas e propósitos. Desde 2009, a empresa encontra oportunidades na rede, antecipa tendências, cria ações colaborativas, difunde a cultura participativa e entrega conhecimento, com análises precisas, ágeis e mensuráveis, para diferentes setores. Seu  trabalho é desenvolver estratégias e conteúdos digitais relevantes, com monitoramento constante dos comportamentos disseminados, para a apresentação de resultados com foco no retorno sobre o investimento.

  • Trata-se de uma iniciativa cultural que atua desde 2010 fomentando o empreendedorismo no setor musical e articulando redes no Estado do Rio de Janeiro, a fim de criar novos arranjos criativos locais. Atualmente, desenvolve suas atividades nos núcleos de produção cultural, pesquisa, capacitação e incubação de empreendedores e de redes criativas.

  • Através de formações diferentes e complementares, tais como cinema, produção, jornalismo e fotografia, as sócias criaram uma empresa comprometida com projetos e ações culturais que aliam o universo individual de autores, artistas e instituições a propostas inovadoras e projetos de alto valor cultural. A empresa oferece serviços para a realização de longas e curtas metragens, programas de TV, vídeos institucionais, publicações, mostras, exposições e intervenções artísticas.

  • Empresa de turismo de base comunitária que atua na Comunidade Santa Marta, em Botafogo. Com uma abordagem educativa, social e política, procura desconstruir os estereótipos da favela através de experiências guiadas, palestras e tours de educação.

  • Especializada em produção e gestão cultural, seus serviços são dirigidos às diferentes etapas da realização de projetos, desde o planejamento até a finalização. Tendo como principal filosofia “ética e organização”, a missão da empresa é fornecer com excelência serviços de produção e gestão cultural por meio de um planejamento estratégico e gestão diferenciada.

  • Acredita em um conceito muito simples: grupos de pessoas colaborando com pequenas quantias podem juntar dinheiro suficiente para transformar qualquer ideia em realidade. A empresa criou uma ferramenta de financiamento colaborativo que abre espaço para uma nova relação entre artistas e público. Com ela, o artista faz seus projetos através da contribuição direta do público. Para este, é a chance de participar ativamente, decidir quais ideias terão sucesso e receber recompensas criativas e exclusivas.

  • Instituição especializada em soluções culturais, sociais e esportivas, que contribuam para o desenvolvimento da qualidade de vida da população. Realiza serviços de criação, montagem, agenciamento e gestão de produtos culturais, sociais e esportivos; assessoria na gestão de projetos; produção e promoção de eventos; gestão de espaços e equipamentos culturais; formação e qualificação profissional; gestão de carreiras na área cultural, enquadramento de projetos em editais e leis de incentivo fiscal; assessoria para prestação de contas de projetos incentivados; e comunicação visual e criação de websites.  

  • Desenvolve soluções inovadoras que integram o turista ao estilo de vida, cultura e meio ambiente do Rio de Janeiro. A proposta geral é promover sustentabilidade política, informar sobre estilo de vida, cultura e meio ambiente e criar um turista consciente através de experiências ricas que tragam benefícios para as comunidades receptoras. Dentre os serviços prestados, estão pesquisa e compilação de informações sobre ecologia, história e cultura; produção de conteúdo informativo; mapeamento de atrativos; centralização de informações em um portal web e ações de marketing online. Para completar, a empresa também criou um aplicativo de trilhas que interage com o mapa físico.

  • A empresa trabalha com um método de fabricação digital paramétrica que possibilita a fabricação de produtos de design customizados, permitindo a criação de móveis adaptados às necessidades pessoais de cada consumidor.

  • A empresa Jequitibá Conservação e Restauro Ltda. é fruto do amadurecimento entre profissionais estabelecidos no mercado de trabalho de Conservação e Restauro de Bens Móveis e Imóveis. As sócias fundadoras, Daniela Sergipense e Leila Santos, coordenaram e executaram relevantes projetos no Brasil.

  • Há dez anos, a pesquisadora, designer e escritora Julia Vidal criou a grife Balaco – moda afro-brasileira. Com o tempo, a pesquisa e design de sua criadora cresceram, o conteúdo foi ampliado para etnias indígenas e regionais brasileiras e a grife se tornou Julia Vidal. A marca tem como missão criar uma moda educativa que valoriza a identidade brasileira através do étnico cool e do desenvolvimento de linhas de produtos e serviços que promovam a expressão cultural brasileira e sua autoestima. Entre os principais produtos, estão as linhas de roupas, acessórios e livros inspirados nas etnias culturais brasileiras que promovem o orgulho étnico.

  • A empresa Projeto Subsolo atua na elaboração, produção e gerenciamento de projetos e produtos inovadores relacionados às artes visuais e cultura contemporânea. Busca criar novas possibilidades de conexão entre arte, sustentabilidade e desenvolvimento local.

  • Especializada em pós-produção de áudio, a empresa atende aos mercados de audiovisual e novas mídias, realizando serviços de desenho sonoro, mixagem, sound branding, trilha musical original e venda de licenças de sincronização.

  • Desde 2009, a empresa desenvolve produtos e metodologias de gestão que contribuem para a democratização da cultura nacional e o fortalecimento da economia criativa. Projeto piloto do Programa de Desenvolvimento da Economia Criativa do Estado do RJ, a empresa tem como objetivo estimular a consolidação de empreendimentos criativos e com grande potencial de geração de emprego, produtos, serviços e riquezas em nível nacional e internacional.

  • Comandado pela arquiteta francesa Laure Beringuer, a Trinques Arquitetura é uma empresa que promove a democratização e a acessibilidade de projetos de arquitetura sustentável, em comunidades do Rio de Janeiro.

    O propósito é entregar sonhos completos, feitos sob medida e com muita paixão, do começo ao fim.

     

  • A Clave de Fá  é uma empresa de pesquisa e desenvolvimento em Ciências Sociais, que atua na gestão de estudos e projetos com enfoque econômico e social.

    Seus integrantes acreditam no conhecimento como forma de gerar inovação e impacto social.

  • Um estúdio de criação que trabalha no desenvolvimento de produtos em mídia interativa.

    Perita em trabalhar sobre os pilares da produção e eficiência, a Dumativa une talento e técnicas de gestão para realizar seus trabalhos nas áreas de jogos eletrônicos, música, animação, artes visuais, literatura e programação.

  • Gabi Monteiro

    Combinando técnicas elaboradas e materiais inusitados, a designer Gabriela Monteiro criou a Exímia, marca de joias não tradicionais cujos produtos aliam maleabilidade e durabilidade.

    As peças se caracterizam pela multifunção: uma única joia pode ser brinco, pulseira e pendente, por exemplo. Atualmente, a marca também está desenvolvendo peças de vestuário, figurinos e assinando a direção criativa de outros produtos.

     

  • O Estúdio Giz é uma produtora audiovisual especializada em conteúdos multiplataforma.

    Sempre com o público jovem na cabeça, seu time atua no desenvolvimento e na criação de filmes, séries de TV, animações e conteúdo para internet.

  • Fundada pelos sócios Arthur Protasio e Juliana Serapio, a Fableware é uma empresa especializada  na produção de conteúdo narrativo. É assim que cria histórias engajantes em diferentes plataformas e projetos transmídia, desenvolvendo trabalhos em literatura, roteiros de publicidade, entretenimento e educação.

    A empresa foi consultora da novela Geração Brasil, da TV Globo, e integrou a equipe de criação do app Filma-e, indicado ao Emmy Internacional Digital 2015.

     

  • Editora digital Ideias na Rua

    Editora especializada na produção de conteúdo para publicações em formato de e-books, revistas on-line, blogs, vídeo-aulas e podcasts.

    Fora isso, ela também vende ferramentas digitais para empreendedores, tais como modelos para a confecção de planos de negócios e apresentações de orçamento.

  • Junta Local

    Uma comunidade que reúne quem gosta de comer bem e faz comida boa e de verdade.

    Sua missão é criar espaços físicos e virtuais que possibilitem a interação direta entre produtores e consumidores e, assim, contribuir para a consolidação de redes locais e alternativas de comida.

  • M+ E Design

    A M+ E Design produz design de conteúdo e inovação para museus, centros culturais e empresas.

    No portfólio, clientes como o Museu do Amanhã, o Museu Marítimo da Marinha do Brasil e as exposições “A Terra Vista do Céu”, “Senna Emotion”, “Festival Reboot”, “Sérgio Rodrigues- Duas Águas” e “Futebol de Papel – Museu do Futebol”.

  • Miarte

    A empresa oferece ao mercado de moda uma nova forma de montar seu negócio. Com um e-commerce de sapatos femininos que funciona através de franquias gratuitas, o franqueado cria sua própria página no site, escolhe os produtos para trabalhar e fica responsável apenas pela divulgação e venda.

    Uma forma inovadora de desenvolver o empreendedorismo no Brasil, dando um negócio pronto e sem burocracia para quem quer empreender, mas não tem dinheiro para investir.

  • Nuh

    Marca de moda feminina que vai além de camisetas e acessórios. A partir do conceito de que não é preciso saber se vestir, mas sim se despir, busca transpassar essências, sem excessos.

    Seus produtos são comercializados on-line e também em lojas pop-up e eventos de moda, arte e cultura.

  • MEIK Design

    Criada pelo artista Leonart Lauenstein, o estúdio produz objetos artísticos de representação tridimensional de animais e de decoração.

    Produtos para encantar, surpreender e inovar ambientes com ousadia e um toque contemporâneo. Também presta consultoria para outros artistas plásticos.

  • Como um empreendimento de arquitetura comandado por uma equipe multidisciplinar, a Terceira Margem elabora projetos arquitetônicos e urbanistas a partir de uma metodologia co-criativa, inovadora e personalizada de acordo com cada cliente.

    Por meio de oficinas práticas com moradores e habitantes, a empresa busca redescobrir materiais, objetos, elementos naturais, sensações, experiências, memórias e desejos.

    O entendimento da equipe é que a relação do espaço pode ser sintonizada à experiência singular de cada um.

  • Maquinário Narrativo

    Tramamos narrativas: curtas, longas ou seriadas, simples ou cheias de reviravoltas.

    O Maquinário Narrativo é um núcleo criativo independente, formado por seis roteiristas empreendedores.

    Com um modelo de negócio inovador, a empresa transforma histórias em formatos e roteiros elaborados para cinema, TV e multiplatorma, em parceria com produtoras independentes e canais de mídia.

  • É um brechó online com curadoria especializada em grandes marcas (marcas conhecidas) e preços acessíveis. A missão da Arara é trazer frescor para o mercado de moda de segunda mão agregando curadoria de moda, fotografia profissional e um serviço especializado.

    Pra fazer isso, garimpam o que há de melhor em guarda-roupas do Rio e do mundo. Depois disponibilizam tudo online, descrevendo cada detalhe para que os clientes possam comprar de maneira ágil e eficiente.

     

  • Bamboleio é um canal de comunicação em torno do livro infanto juvenil. Busca estimular o afeto entre pai/mãe com o filho/filha através do hábito da leitura. Tem uma curadoria de conteúdo dos livros trazendo assuntos como sexo, cultura negra, respeito ao próximo.

  • É um escritório-oficina de arquitetura com foco em estruturas de bambu. Unindo o escritório de arquitetura à oficina de trabalho com bambu, realizamos todo o processo, do projeto à execução. Desenvolve projetos com as técnicas mais adequadas, aliando materiais de baixo impacto ambiental com novas técnicas construtivas. Busca sempre materializar a personalidade e a intenção da pessoa para aquele ambiente em um ideal de uma produção arquitetônica mais humana e ecológica. Entende a necessidade de reduzir o impacto que a construção civil tem no meio ambiente urbano.

  • É uma empresa que pensa design e artes visuais como ferramenta de diálogo para as pessoas e seus territórios para criação de identidade cultural. Não é intervenção urbana. O carro chefe da empresa é comunicação visual. Foco na baixada com iniciativas que têm direcionamento de impacto sócio cultural. Quer fomentar a cultura através da identidade visual.

  • Foi criada com o objetivo de reunir o público antenado que busca novidades nas áreas de cultura, lazer, gastronomia e moda, promovendo o desenvolvimento de empreendedores independentes da região da zona norte, baixada fluminense, e adjacências. Apostando no associativismo e no bom relacionamento entre expositor, organização, público e artistas, a FIQC busca unir capacidade crítica, co-criação e planejamento estratégico aumentando a competitividade e produtividade do pequeno produtor local frente ao mercado, e, em paralelo, oferecendo uma opção gratuita de lazer, cultura e consumo consciente.

  • Surgiu a partir da dificuldade das empresas de escolher projetos culturais que pudessem representar sua história de marca. Desenvolveu um algoritmo que consegue ler questões específicas do marketing das empresas (relacionado ao branding) e traduz numa busca de conteúdo artístico experimental. Tem a proposta de encaixar o projeto cultural para a marca/empresa. A intenção é que seja uma plataforma para auxiliar as empresas a patrocinar iniciativas/projetos através de benefícios fiscais. Ajudar a empresa a visualizar seus benefícios fiscais e dimensionar o quanto pode ser investido em projetos.

     

  • É um laboratório de experiências sensoriais que traduz pessoas e marcas através de líquidos, sabores e aromas. Não é um catering de luxo. Começou com uma paixão por mixologia. Trabalha com mídia líquida. Atua com educação, produto.

  • Marca de design de jóias sem gênero com referências geométricas, minimalistas e contemporânea. A proposta da marca é permitir que todos possam se expressar através de jóias originais de maneira autêntica e sem regras. Através de um desenho minimalista e geométrico, as peças se tornam ao mesmo tempo contemporâneas e atemporais. Desafiando os estereótipos tradicionais de gênero, as peças não possuem classificação de feminino e masculino, e são oferecidas em diversos tamanhos.

  • O nome Naiah vem de uma lenda tupi guarani, é o anagrama de Anahí. É uma marca de roupas plus size. A marca surgiu após a observação da dificuldade que a mãe tem pra comprar roupa e notar que as roupas pra gordo não tem bom acabamento, bom caimento e geralmente são monocromáticas. As coleções são inspiradas no Brasil, são coloridas e leves.

  • Foi residente do coworking do Rio Criativo. Uma produtora de filmes sobre a cidade, o povo da cidade para o mundo. Foco em documentários. Proposta de mostrar o cotidiano, a vida das pessoas e que isso é importante.

  • É um estúdio de games que atende mobile users (celular e tablet). Tem o objetivo de fazer jogos criativos de tirar o fôlego (o primeiro jogo foi autoral). Tem somente um jogo (Bushido Saga) que eles definem como ‘jogo conservador’  nas plataformas de distribuição (Android e iOS), tem aproximadamente 300 mil downloads do jogo (no meio dos games isso é um numero baixo) e tem uma boa avaliação (em média 4.3 estrelas). Estão desenvolvendo outro jogo que atende os mid core (existe um ‘escalonamento’ de quem joga pelo celular: a ‘massa’, pessoas que não tem muita exigência, gostam de jogos mais fáceis e simples – ex: candy crush; o ‘mid core’, que tem uma exigência maior, entendem o mundo dos games, exigem um gráfico mais sofisticado, uma história do jogo mais elaborada; o ‘hard core’, o grupo de pessoas que investe em games, geralmente jogam em console ou computadores que são super estruturados. O público da pandora é o ‘mid core’, um público em expansão e que é o alvo da Pandora. O jogo que foi lançado demorou 3 anos pra ficar pronto (no meio do processo houve a saída do programador sênio). A Pandora começou com uma equipe de 8 pessoas e hoje tem somente 2 pessoas (o Eduardo que é o fundador e o Jonata que é o game designer). Atualmente somente o Eduardo como responsável da empresa mas ele comentou na conversa que futuramente o Jonata será sócio. Tem um produto (os jogos) e ainda não oferecem um ‘serviço’ de produção de games (não estão fechados para isso, precisam entender se a estrutura deles atende a demanda).

  • Sou + Carioca

    Agência de turismo com foco no público carioca (residente do Rio). Surgiu da necessidade de custear as viagens do curso de Turismo. Passeios com guias turísticos não somente na alta temporada. Os passeios são elaborados pelos guias e tem foco em áreas/espaços ‘não’ turísticos (roteiros ‘lado B’ – exemplo: Bangu). Possui 172 roteiros diferentes.

  • Uma agência criativa com foco em comunicação e branding. Tem 4 segmentos: branding (pesquisa de usuário e lançamento da marca) e inbound marketing, food branding (braço gastronômico com foco em marketing digital), Trust Me University (braço de educação – possui conteúdos envelopados), Colaboradora (agência social pra atender negócios de impacto – ONGs, negócios sociais – entra em comunidades e seleciona jovens para que eles atendam os negócios locais, precisa de captação de recurso para executar esse braço).

  • É um sistema de gestão que conecta produtores para planejar e organizar a criação de conteúdo audiovisual. Foi desenvolvida para simplificar o processo de produção através de controles de comunicação e conteúdos, com alertas e aprovações que tornam o trabalho mais eficiente e confiável. Reúne diferentes funcionalidades de diversas ferramentas do mercado para criar um produto único focado no mercado de produção de vídeo e gestão na indústria criativa em geral. A plataforma não pretende ser generalista e tem foco específico na indústria criativa.